Sagrado nome em vão

by jaguari

O menino foge para o futuro e no futuro foge para os lados. Na fuga, a alegria dos menores que brincam e a tristeza pela estranheza daqueles que perseguem. Como distinguir? Na conversa de Elvira com os pássaros era por amor, incondicional. Puro amor. Roda a casa em busca de um pardal, um bem-te-vi ou uma pomba cinza comum. Deixa o tempo guiar a volta pela casa, a cada volta mais velho e cada ano mais homem. Mas não perca de vista que Elvira não cobrava dos pássaros que viessem vê-la mas agradecia ter aprendido seu canto. E no seu encanto pelos meninos, quanta alegria deixou pela casa em minha memória de croché. Ainda hoje tricota meus sonhos, amassa meu pão e me alimenta.

Print Friendly, PDF & Email